Participação para todos

Todos os peregrinos com e sem deficiência terão acesso garantido aos atos centrais da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio 2013. O Comitê Organizador Local (COL) está montando uma estratégia para garantir que as pessoas com deficiência possam participar bem dos eventos em Copacabana e em Guaratiba. A estrutura foi apreciada pela Secretaria Nacional de Direitos Humanos durante reunião.

Uma empresa especializada foi contratada para montar a estrutura em Copacabana. Em Guaratiba, haverá uma área adaptada para os principais tipos de deficiência: visual, auditiva, intelectual e motora (cadeirantes). Serão 23 mil metros quadrados reservados dentro de uma área de um milhão de metros quadrados.

O espaço em Guaratiba comporta 6.514 pessoas com deficiência incluindo acompanhantes. O cálculo foi feito levando em consideração que haverá uma vigília no local e que haverá pessoas deitadas. Na área reservada vai haver tradução em libras em um telão para os surdos, áudio-descrição para cegos, pisos em floor para cadeirantes e 40 banheiros adaptados. Na rota de chegada até o local da vigília também haverá cerca de 20 banheiros adaptados. Os cães-guias terão vasilhas para comida e bebida e sacos biodegradáveis para as fezes.

Além disso, os cadeirantes poderão solicitar no ato da inscrição hospedagem em um alojamento especial adaptado na zona sul do Rio de Janeiro para facilitar a ida a Copacabana. Se eles desejarem, serão conduzidos em um veículo até Guaratiba.

Por Jovens de Maria

Anúncios