Com uma celebração penitencial presidida pelo Papa Francisco, na Basílica de São Pedro, começa na tarde desta sexta-feira, 28, a iniciativa “24 horas para o Senhor”. Na cerimônia, o Papa vai confessar pessoalmente alguns fiéis.
Três igrejas do centro de Roma ficarão abertas durante toda a noite para orações e confissões. “Será uma festa do perdão à qual vão aderir dioceses e paróquias do mundo todo”, disse Francisco, no último domingo.
Jovens pertencentes a várias realidades eclesiais serão “os novos evangelizadores” de seus coetâneos, convidando-os a entrar nas igrejas, onde padres estarão à disposição para quem quiser se confessar. Sábado, às 17h, na igreja de Santo Spirito in Sassia, Dom Rino Fisichella celebrará as vésperas do IV Domingo de Quaresma, encerrando a iniciativa. O Pontifício Conselho para a Nova Evangelização é o promotor das “24 horas para o Senhor”.
A Rádio Vaticano transmite ao vivo, da Basílica de São Pedro, a celebração penitencial de abertura da iniciativa, a partir das 16h50 (12h50 no horário de Brasília), com comentários em português. Padre José Raimundo dos Santos, da Diocese de Amargosa, na Bahia, é estudante em Roma e colabora com o Programa Brasileiro. Ele nos esclarece sobre o significado desta celebração.

 

Por news.va